SELLERINK BLOG
6jul/10

Tintas e Impressos de Segurança (Post VI)

Nosso último post da série Tintas e Impressos de Segurança foi publicado em 16 de Junho, não se perca.

Neste último post, recordem, falamos sobre as fraudes mais comuns em cheques e sobre algumas tintas que podem ajudar a garantir a segurança destes documentos.

Temos muito mais a falar sobre documentos e impressos de segurança, mas hoje vamos trazer um assunto que também é interessantíssimo,  sobre uma tinta de segurança com características especiais que utiliza uma técnica de impressão muito antiga.

Nos últimos dois ou três anos a demanda por esta tinta tem aumentado bastante, pois alguns documentos passaram a adotar este tipo de segurança, caso por exemplo, dos impressos auxilares da nota fiscal eletrônica (notas ou impressos de contingência).

Pois bem, vamos falar do Talho Doce ou Intaglio. Além de uma tinta específica, o Talho Doce tem um sistema de impressão próprio, diferenciado.

A Sellerink produz esta Tinta de Segurança em qualquer tonalidade, com prazo de entrega imediato e está presente em praticamente todas as gráficas que utilizam esta tecnologia.

Vamos ver mais...

TALHO DOCE - INTAGLIO

Intaglio é uma técnica de impressão na qual a imagem é entalhada em uma superfície. Normalmente, são usadas placas de cobre ou zinco e as incisões são criados por técnicas especiais.

Não vamos nos ater muito as técnicas de gravação das chapas neste artigo, mas convém salientar que o trabalho ainda é bastante artístico e a técnica do profissional gravador é de extrema importância. Vamos falar mais sobre as técnicas de gravação das chapas em outros artigos.

Figura1 - Ilustração de uma chapa de impressão Talho Doce. O entalhamento pode ter frações de milímetros.

Figura1 - Ilustração de uma chapa de impressão Talho Doce. O entalhamento pode ter frações de milímetros.

Figura2 - A placa coberta de tinta

Figura2 - A placa coberta de tinta

Figura3 - A tinta é limpa da superfície da placa, permanecendo somente no Intaglio (ranhura)

Figura3 - A tinta é limpa da superfície da placa, permanecendo somente no Intaglio (ranhura)

Figura4 - O papel colocado sobre a placa e o cilindro fazendo pressão contra a placa.

Figura4 - O papel colocado sobre a placa e o cilindro fazendo pressão contra a placa.

Figura5 - O papel é removido e a tinta foi transferida da placa para o papel.

Figura5 - O papel é removido e a tinta foi transferida da placa para o papel.

.

.

.

.


Na impressão, a superfície entalhada é coberta de tinta, e esfregada vigorosamente com um pano ou papel especial para remover a tinta da superfície, deixando-a limpa e a tinta depositada somente na incisão (entalhe).  O suporte a ser impresso (papel) é colocado na parte superior e um rolo aplica uma forte pressão no papel contra a placa, transferindo a tinta para o papel.

A impressão obtida a partir do processo Talho Doce é difícil, praticamente impossível de se imitar por outros meios de impressão.

Talho Doce, como um método de gravação e impressão, foi inventado na Alemanha por volta  de 1430. Técnicas de gravura já tinham sido usados pelos ourives para decorar objetos de metal, incluindo armaduras, instrumentos musicais e objetos religiosos desde os tempos mais remotos, e a técnica de Niello, que era usada para preencher os cortes no metal para dar uma cor contrastante, também remonta à antiguidade - os Egipcios são creditados como os inventores da decoração em Niello.

Caixa de rapé, em prata Russa, trabalho em Niello, 1860.

Caixa de rapé, em prata Russa, trabalho em Niello, 1860.

Os ourives começaram a imprimir os "entalhes" dos seus trabalhos para preservar o design e a gravura desenvolvida para cada peça. Este trabalho foi sendo desenvolvido e deu origem ao Talho Doce.

O alemão Martin Schongauer foi um dos primeiros artistas conhecidos a explorar a técnica de Intaglio em cobre e

Albrecht Dürer (Nuremberg, 21/05/1471), também alemão, é um dos mais famosos artistas de Intaglio - Talho Doce (gravação).

Durer, Melacholia I, Intaglio, 1514

Durer, Melacholia I, Intaglio, 1514

Intaglio na Itália e nos Países Baixos (principalmente Holanda) começou pouco depois dos alemães, mas também foram desenvolvidos por volta de 1500.

A idade de ouro de artistas de Intaglio foi 1450-1550. Após este período perdeu espaço para outras técnicas, embora gravuras continuaram a ser produzidas em grandes número, até a invenção da fotografia.

CNH, exemplo de documento impresso com Talho Doce

CNH, exemplo de documento impresso com Talho Doce

Hoje o Intaglio - Talho Doce é usado amplamente na impressão de papel-moeda (dinheiro), notas, passaportes, documentos notoriais (cartórios), selos alto valor, etc.

A aparência do Intaglio - Talho Doce é muitas vezes vezes imitada  em impressão offset para itens como convites de casamento, dando uma impressão artística diferenciada e exclusiva.

Talho Doce foi usado extensivamente para impressão de revistas de alta qualidade, tecidos e papéis de parede.

Se você gostou do artigo não se preocupe que vamos falar mais a respeito.

Intaglio - Talho Doce é uma família de produtos Security Inks Sellerink e nos treinamentos sobre tintas de segurança é largamente abordado.

No próximo CICLO DE PALESTRAS SELLERINK, em 2011, as tintas e impressos de segurança serão abordados e o Talho Doce fará parte.

Obrigado.

Marcos Anghinoni - Diretor de Vendas

Se você gostou, veja também...

A História da Indústria Gráfica (Post 13) on August 10th, 2010

Controle da Cor (Post 13) on November 16th, 2011

Controle da Cor V on November 16th, 2011

A História da Indústria Gráfica (Post 12) on August 2nd, 2010

FLORESTAS PLANTADAS on February 3rd, 2011

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Deixar um comentário


Sem trackbacks

Visualizar perfil de Marcos  Anghinoni no LinkedIn