SELLERINK BLOG
13jun/10

Tintas e Impressos de Segurança (Post IV)

No último post sobre Tintas e Impressos de Segurança falamos sobre fraudes em cheques (clonados, roubados, adulterados ou falsos).

Agora, vamos mostrar o sistema de segurança que existe nos cheques e as tintas que a Sellerink desenvolveu para este fim. No próximo post vamos mostrar quais as medidas que podemos adotar sempre, para se evitar fraudes.

Sistema de Segurança nos Cheques

Alguns destes sistemas são de uso comum a todos os bancos, por determinação do Banco Central, outros são opcionais e utilizados somente por alguns bancos para incrementar a segurança dos próprios cheques, e consequentemente oferecer um melhor serviço aos clientes. Um esforço no qual, é oportuno reconhecer, todos os bancos são engajados.
Note-se que alguns cheques tiveram suas logomarcas removidas ou descaracterizadas, pela própria segurança.

1) Registro coincidente

Uma imagem que aparece na mesma posição tanto no verso quanto na frente do cheque, e que olhando contra a luz coincide perfeitamente (no exemplo é o logo do banco).

2) Linha de segurança (também conhecida como linha louca)

Diferente em cada folha de cheque (repare no exemplo de cheques do mesmo talão, na quarta imagem) para dificultar fraudes que utilizam colagem, montagem ou "cirurgias". Serve também para coibir a clonagem de cheques, pois os cheques clonados sairiam todos com a mesma linha de segurança. Por isso é importante observar o talão de onde o cheque é retirado e reparar se as linhas dos demais cheques são diferentes. Alguns bancos utilizam duas linhas de segurança, uma na altura do valor em números e outra na altura do valor em letras (veja exemplo do cheque "Citibank").

=> Produto Sellerink indicado: Sellerink Security Ink Sellcheque

3) Impressões Especiais

Com linhas de alta definição e finas ou cruzadas finamente (veja exemplo com ampliação no quarto cheque da lista) que dificultam o escaneamento. Uso de tintas reativas que, quando submetidas à luz ultravioleta, mostram cores que não aparecem a olho nu, dificultando o escaneamento, a reprodução e a clonagem.

=>Produto Sellerink Indicado: Sellerink Security Ink Reativa UV

chqseg01

chqseg02

chqseg00

chqseg03

4) Tinta que borra (sangra)

Quando utilizados produtos químicos no corpo do cheque (no caso do exemplo abaixo foi álcool, usado no espaço do beneficiário)... por exemplo para remover escritas representando o beneficiário ou valor. A tinta reage e sangra, manchando e borrando todo o cheque.

=>Produto Sellerink Indicado: Sellerink Security Ink Sellcheque Reativa

5) Escrita "NULO" ou "ANULADO"

Reação conhecida como FUNDO NULO, que aparece, no espaço onde se escreve o valor do cheque em números, quando utilizados determinados produtos químicos para remoção de tinta e escritas (no caso do exemplo foi usada água sanitária).

=>Produto Sellerink Indicado: Sellerink Security Ink Fundo Incolor de Segurança

6) Marcas de água

No papel do cheque (utilizado por poucos bancos, sobretudo em contas "especiais" ou diferenciadas). O desenho ou escrita faz parte da textura do papel e aparece olhando o cheque contra a luz.

=> Produto Sellerink Indicado: Sellerink Security Ink Marca D´água

7) Desenhos com tintas especiais reativas

Que, quando escaneadas ou copiadas, mudam de cor (nos primeiros dois cheques, por exemplo, a logomarca do banco, que originalmente tem uma determinada cor, quando escaneada ou copiada em copiadora colorida,  fica com outra cor completamente diferente.

Produtos Sellerink Indicado: Sellerink Security Ink Anti-Xerox

chqseg04

chqseg05

chqseg06

Então, interessante não é? Aqui colocamos um resumo, claro, de todo estudo que envolve segurança em cheques. A cada dia os bancos estão buscando novas formas de agregar segurança aos seus documentos, principalmente cheques.

A Sellerink tem participação ativa nestes projetos. Muitos produtos Sellerink são customizados e exclusivos.

Também é precaução da Sellerink a comercialização das Security Inks. As indústrias gráficas que adquirem estes produtos Sellerink tem um cadastro especial e uma documentaçã inerente ao uso dos produtos. Se as tintas forem adquiridas para impressão de documentos bancários, por exemplo cheques, é necessária a anuência do banco para se concretizar a venda. Tudo isso por escrito e a Sellerink tem especial proteção a esta documentação.

Como a Sellerink tem participação ativa nos projetos de segurança de documentos, também toma todas as precauções para que, no caso de uma fraude, esta não seja cometida com um produto seu. Ao contrário disso, trabalha para que a fraude seja descoberta justamente pela diferença na tinta impressa no documento falso e no original.

Continuem acompanhando nossos posts sobre Tintas e Impressos de Segurança que ainda vamos apresentar mais matérias interessantes.

Agradecimento especial: FRAUDES.ORG, estudiosos da matéria. O fraudes.org é uma das nossas fontes de pesquisa para as fraudes em documentos de segurança. Outras fontes: Banco Central do Brasil, Casa da Moeda do Brasil e Instituto de Criminalística.

Obrigado.

Marcos Anghinoni - Diretor de Vendas

Se você gostou, veja também...

COMO AS LATAS SÃO ENVASADAS? on February 8th, 2011

METALGRAFIA on March 27th, 2012

A História da Indústria Gráfica (Post II) on May 24th, 2010

Tintas e Impressos de Segurança (Post 11) on August 16th, 2010

Metalgrafia (Post 2) on August 17th, 2010

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Deixar um comentário


Sem trackbacks

Visualizar perfil de Marcos  Anghinoni no LinkedIn