SOLUÇÃO DE FONTE (POST 1) « SELLERINK BLOG
SELLERINK BLOG
10fev/11

SOLUÇÃO DE FONTE (POST 1)

.
Fonte de Pesquisa: PAG - PORTAL DAS ARTES GRÁFICAS (PORTUGAL)

Hoje começaremos uma nova série no nosso Blog. Trata-se, como o próprio título traz, SOLUÇÃO DE FONTE. Como todo gráfico sabe, a Solução de Fonte é insumo essencial para uma boa impressão. O controle da solução e a correta adequação e equilíbrio com a tinta garantem uma excelente impressão no sistema offset. Caso contrário, as dificuldades para o perfeito andamento do trabalho serão muitas, além do comprometimento do trabalho final e do rendimento da impressão.

Então, vamos começar...


INTRODUÇÃO

off-setO processo de impressão offset caracteriza-se e distingue-se dos demais processos de impressão devido a três particularidades: é um processo indireto (a imagem entintada da chapa é transferida primeiro para uma superfície emborrachada chamada blanqueta, e depois para o suporte); a matriz de impressão é planográfica (as áreas de grafismo e de contragrafismo da chapa encontram-se no mesmo plano, ou seja, não existem diferenças de relevo); além da tinta, o processo envolve água (necessária para evitar que a tinta se deposite nas áreas de contragrafismo da chapa).

Baseado no princípio físico-químico de que tinta (gordura) e água não se misturam, o recurso para manter as áreas de contragrafismo da chapa livres de tinta é umedecê-las com uma solução aquosa acidificada de goma-arábica.

De todas as variáveis do processo de impressão offset, as mais complexas são aquelas associadas à solução de fonte. Existe uma estreita tolerância entre o excesso e a insuficiência no controle da alimentação da solução de fonte, implicando em problemas complexos que resultam em baixa qualidade e desperdício elevado. O mesmo se pode afirmar a respeito da química da solução de fonte, vejamos:

Quando o pH é baixo pode ocorrer:

. tingimento

. emulsionamento

. escumação

. flocos de neve

. desgaste da chapa

. secagem lenta da tinta

Quando o pH é elevado pode ocorrer:

. sensibilização dos rolos metálicos

. entupimento de pontos

. engorduramento dos rolos molhadores.

Além de participar do fenômeno físico-químico de separação das áreas de grafismo e de contragrafismo na superfície plana da chapa offset, a solução de fonte ajuda a remover calor das tintas por evaporação, além de promover o arrefecimento de todo o sistema de entintamento, e promove um emulsionamento controlado, ajudando a manter estável a viscosidade das tintas. Entretanto, os pontos negativos da influência da solução de molhagem no processo de impressão são muito mais numerosos e incômodos: o tack das tintas é reduzido, a secagem das tintas é retardada, o brilho do impresso é reduzido, o papel sofre encanoamento e variação dimensional, comprometendo o registro, a aceitação (trapping) das tintas é prejudicado etc., além de uma série de problemas (velaturas, acúmulo, estrias de rolos, desgaste da chapa, chapa cega, baixo contraste de impressão, impressão lavada) que podem se manifestar caso a alimentação da solução de fonte não seja mantida sob rigoroso controle.

Demonstrativo da tensão superficial da água ou solução de fonte

Demonstrativo da tensão superficial da água ou solução de fonte

A distinção entre as áreas de grafismo e as áreas de contragrafismo da chapa, e a eficiência da solução de fonte em garantir que a tinta fique confinada apenas nas áreas de grafismo, depende:

• da tensão superficial da solução de fonte

• da tensão superficial da tinta

• da tensão interfacial solução de fonte–tinta

• da tensão interfacial tinta–chapa (grafismo)

• da tensão interfacial solução de fonte–tinta (contragrafismo)

• da tensão interfacial tinta–chapa (contragrafismo)

• da tensão interfacial solução de fonte–chapa (grafismo)

Quanto menor for a tensão interfacial solução de fonte–chapa, melhor a umectação; quanto menor for a tensão superficial da solução de molhagem, maior o seu espalhamento sobre a superfície da chapa e menor será a quantidade de solução necessária para cobrir toda a superfície da chapa.

.

Acompanhem a continuação de SOLUÇÃO DE FONTE. No próximo post vamos falar sobre a COMPOSIÇÃO DA SOLUÇÃO DE FONTE.

Se você gostou, veja também...

ECO FRIENDLY PRINTING on July 21st, 2011

O Nome das Cores on July 29th, 2010

A História da Indústria Gráfica (Post 17) on October 6th, 2010

Tintas e Impressos de Segurança (Post 11) on August 16th, 2010

Security Inks - Segurança Impressa Anti-Fraudes on September 4th, 2012

Comentários (4) Trackbacks (0)
  1. Marcos, bom dia
    Se possivel gostaria que vc publicasse mais informações sobre condutividade, oque pode ocorrer com a condutividade baixa, com a condutividade alta, o porque a condutividade varia de equipamento p/ equipamento etc…etc…

    obrigado

    • Marcelino,

      Obrigado por nos acompanhar. Fizemos uma parada técnica nos posts do nosso blog. Nestes dias, foram atualizados arquivos e backups e modernizadas algumas situações técnicas do wordpress.

      Vamos voltar a postar com a mesma frequencia de antes. Temos várias matérias já no gatilho, entre elas, Solução de Fonte.

      Marcos Anghinoni

  2. o que fazer para aumentar ou diminuir a condutividade e o ph

    • Não há a necessidade de aumentar ou diminuir a condutividade de uma solução de fonte. Quando voce possui um padrão de trabalho a condutividade da solução de fonte só ira aumentar por contaminação, que é inevitavel no processo de impressão offset.
      A condutividade da solução de fonte aumenta quando voce aumenta a dosagem da solução de fonte, porém, isso deve ser feito em certo casos em que realmente haja a necessidade de se aumentar a dosagem da solução. Caso contrario, siga as instruçoes do fabricante que é a melhor forma de trabalho.
      Quanto ao pH, voce não ira conseguir aumenta-lo ou diminui-lo, porque, a solução de fonte possui uma composto chamado solução tampão que serve exatamente para manter o pH da solução de fonte sempre estavel. O pH ira aumentar ou diminuir sempre que houver uma contaminação muito grande ao ponto que a solução tampão não seja capaz de corrigir.

      Espero ter ajudado.

      Um abraço,


Deixar um comentário


Sem trackbacks

Visualizar perfil de Marcos  Anghinoni no LinkedIn