SELLERINK BLOG
28out/10

Eco Friendly Printing (Post 12)

Tintas de Impressão Base Soja

Uma história de sucesso e sustentabilidade, com grande crescimento

Segundo a SoyInk Information Center, a utilização da alternativa de tinta à base de petróleo mais que quadruplicou nos Estados Unidos durante a última década.

De acordo com a mesma fonte, mais de um terço de todas as impressoras nos Estados Unidos utilizam tinta à base de óleo de soja.

A soja tem uma rica história e oferece às empresas as vantagens da sustentabilidade.

sojaInicialmente, a tinta de soja foi desenvolvido pela American Newspaper Publishers Association (ANPA), agora conhecida como a Newspaper Association of America (NAA). O trabalho começou em 1987.

Nos Estados Unidos, a tinta de soja está disponível para jornais, revistas, impressão comercial, de embalagens, e muitos outros usos há cerca de 20 anos.

No Brasil esta mentalidade está começando a tomar corpo, também com crescimento exponencial, graças as inúmeras vantagens da tinta vegetal.

A tinta de soja contém óleo de soja não-tóxico, o mesmo óleo que é encontrado em molhos para salada, maionese, margarina e milhares de outros alimentos. No entanto, claro, os demais componentes da tinta não permitem que ela seja comestível, muito embora a tinta base soja é considerada atóxica.

O óleo de soja é um recurso sustentável produzido por milhares de agricultores, regionalmente, nos Estados Unidos, Brasil e Argentina, tornando-o um produto abundante e de fácil acesso, não suscetível a exploração mineral de recursos não renováveis, como o petróleo.

A transparência do óleo de soja permite que os pigmentos possam atingir o seu pleno potencial, resultando em cores profundas, ricas e muito mais brilhantes.

Oleo_sojaA tinta de soja proporciona uma peça impressa de alta qualidade, com qualidade superior a alcançada com tinta base petróleo.

Naturalmente, tinta de soja contém baixo teor de VOC (compostos orgânicos voláteis), e seu uso pode reduzir as emissões que causam a poluição do ar.

Apesar da tinta de soja não ser totalmente biodegradável, devido à sua pigmentação e conteúdo de resina, é um produto considerado ambientalmente amigável, oferecendo diferentes graus de degradação.

A tinta de soja mantém melhor a sua estabilidade de impressão durante todo o trabalho, de modo que o impressor necessite fazer menos ajustes durante a produção e por consequência há uma menor incidência de folhas rejeitadas por qualidade inferior.

Exames laboratoriais na Western Michigan University mostraram que a tinta de soja é compatível com o processo de destintagem durante a reciclagem. A tinta de soja é removida mais facilmente e de forma mais eficaz do que a tinta à base de petróleo, resultando em menos danos a fibra do papel a ser reciclado. O lixo não é considerado perigoso e pode ser tratado com mais facilidade.

A destintagem constitui uma fase muito importante no processo de reciclagem, principalmente quando o produto final pretendido é de alta qualidade.

Esta operação envolve a utilização de substancias químicas para extrair as partículas de tinta do papel, alem de exigir um grande volume de água. Com papéis impressos com tinta base soja, este processo é muito mais econômico do ponto de vista financeiro e ecológico.

Hoje a tinta base soja é economicamente viável, pois o seu preço é compatível com o preço da tinta base petróleo e o seu rendimento pode ser melhor. Além disso, pela abundância do óleo de soja como matéria-prima, ao contrário do que acontece com o petróleo, temos uma visão futura que a tinta base soja terá um preço final melhor que a tinta base petróleo em um curto espaço de tempo, além de todas as outras vantagens.

Sellerink_soyink_500pxNossas pesquisas também revelam, como já publicamos, que o óleo de soja pode ser compatível com outros óleos vegetais na composição de tintas (tung, linhaça), fato que nos permite criar tintas 100% vegetais, base soja, com características iguais ou até mesmo melhores que as tintas base petróleo, como por exemplo, secagem ultra-rápida, mesmo em impressão em suportes considerados mais complexos neste quesito, como o couché fosco. Isto sem usar qualquer parcela de componentes minerais na composição da tinta.

Sellerink tem um selo da tinta fabricada com base em óleo de soja e não cobra pelo uso do selo informativo. Os consumidores de produtos gráficos merecem ser informados que o produto que está em suas mãos foi impresso com uma tinta feita a partir de fontes de matérias primas renováveis, além de ter a característica de não agredir o meio-ambiente com o a emissão de VOC.

Qualquer cliente Sellerink que utilize as tintas FUTURE SOYINK podem solicitar o selo para divulgação.

Soy Ink clr w R-highresAs tintas Sellerink base óleo de soja são homologadas dentro das normas da American Soybean Association - ASA e a Sellerink tem o direito de uso do selo Asa-Soy.

Se quiser saber mais, fale conosco.

Se você gostou, veja também...

Controle da Cor IV on November 16th, 2011

Tintas e Impressos de Segurança (Post X) on August 5th, 2010

SOLUÇÃO DE FONTE (POST 3) on April 5th, 2011

RadTech UV&EB 2010 (Post II) on June 9th, 2010

FLORESTAS PLANTADAS on February 3rd, 2011

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Deixar um comentário


Sem trackbacks

Visualizar perfil de Marcos  Anghinoni no LinkedIn