SELLERINK BLOG
17ago/10

Metalgrafia (Post 2)

200 Anos das Embalagens Metálicas

Você pode contar com a EMBALAGEM DE AÇO!

A comida embalada em latas de metal, há mais de 200 anos, permanece como um dos mais econômicos, ambientalmente amigável e, acima de tudo, mais segura, forma de embalagem.

Novos avanços no design de embalagens metálicas, impressão cada vez melhor, modo de abrir e segurança cada vez mais adequada, abrem novos capítulos na vida da embalagem de metal, que garante assim o seu lugar de destaque junto ao mercado consumidor e na despensa de nossas casas.

.

Inovação

Como é fácil selecionar uma grande variedade de alimentos seguramente enlatados, mantendo todas as suas propriedades, de fácil utilização e estocagem. Os recipientes fabricados com grande tecnologia, utilizando tampas invioláveis, abre-fácil (sem necessidade de abridor de latas) entre outras inovações, garantem aos consumidores o uso de alimentos de qualidade proveniente de qualquer parte do planeta.

Além das embalagens de alimentos, outros produtos utilizam as latas de folha de flandres como o meio mais seguro, prático e de fácil reciclagem (ambientalmente amigável). A Sellerink usa embalagens de folha de flandres recicláveis e reutilizáveis para Escala Europa, no sistema Boomerang.

As embalagens Boomerang da Sellerink são customizadas, desenvolvidas para utilização nas bombas Boomerang, mostrando toda flexibilidade da embalagem de aço, para diversos fins.

.

Benefícios Ambientais

No Mundo de hoje, justificadamente tão preocupado com os recursos naturais, as latas de aço para alimentos promovem uma maneira simples e adequada para o consumidor exercer o seu comportamento ambientalmente consciente. Latas de metal são 100% recicláveis. A taxa de reciclagem das embalagens de aço são pelo menos duas vezes e meia maior que a da maioria das opções de outras embalagens para o mesmo fim. Recipientes de alimentos feitos de aço podem ser reciclados várias vezes sem perder suas características. E cada tonelada de aço reciclado economiza 1.150 quilos de minério de ferro, 1.000 quilos de carvão e 40 quilos de calcário.

Assim como o consumidor final, as empresas ambientalmente responsáveis também preferem as embalagens recicláveis e reutilizáveis para os seus produtos.

.

Nutrição

O processo de enlatamento proporciona qualidade aos alimentos por longo prazo. Conservas de frutos e vegetais são colhidos e embalados no pico da maturação, sendo que a maioria das indústrias conserveiras estão localizados a poucos quilômetros do campo, assim o frescor dos alimentos é garantido. Uma vez que as latas são fechadas e processadas adequadamente (vamos falar sobre o processo de esterilização em outros posts), o alimento mantém sua alta qualidade por aproximadamente dois anos.

.

Segurança

A comida enlatada goza de uma segurança sem precedentes. As embalagens de folha de flandres são à prova de violação de qualquer natureza. Os consumidores tem a certeza e satisfação em saber que os alimentos chegam a sua casa de forma segura e conservando todas as suas características e frescor.

.

Fazermos parte do mercado de embalagens de aço, ajudando a decorar as embalagens com as nossas tintas metalgráficas. A Sellerink pesquisa e desenvolve soluções adequadas e personalizadas para o setor de embalagens metálicas, contando hoje com tintas com secagem convencional (forno metalgráfico) cura ultravioleta e tintas com base flexível (poliéster) para impressão de embalagens que sofrem processo de repuxo, como as utilizadas para pescados.

Vamos sempre apresentar artigos técnicos variados na série Metalgrafia, como também dados do setor, como reciclagem de embalagens metálicas. Acompanhem!

.

Se você gostou, veja também...

Eco Friendly Printing (Post 12) on October 28th, 2010

A História da Indústria Gráfica (Post IX) on July 12th, 2010

METALGRAFIA on March 27th, 2012

Eco Friendly Printing (Post 3) on July 21st, 2010

Eco Friendly Printing (Post 5) on August 2nd, 2010

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Deixar um comentário


Sem trackbacks

Visualizar perfil de Marcos  Anghinoni no LinkedIn